CEI – CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL

Após os cinco primeiros anos de administração da UESD, as casas já haviam sido construídas, e todas as crianças dos antigos pavilhões já tinham sido transferidas, ficando assim os pavilhões vagos. Na mesma época, no ano de 2002 a entidade mantinha um convênio com a Secretaria Municipal de Educação que cedia para o abrigo duas professoras que atendiam as crianças de 03 a 05 anos (uma sala de jardim), e o mesmo no ano seguinte foi cancelado. Foi então que um grupo da entidade procurou a secretaria para conversar a respeito do convênio e na mesma reunião surgiu a idéia da criação de um CEIM neste local em substituição da cedência, pois o município necessitava de vagas para atender a grande demanda que encontrava-se na lista de espera e a entidade dispunha de um amplo espaço físico e um interesse também de ampliar o seu atendimento.

Foi então celebrado uma parceria onde realizaram o convênio n° 048/03 entre o Município de Dourados e o Lar de Crianças Santa Rita para o atendimento de crianças na faixa etária de um a cinco anos, e em 29 de Outubro de 2003 foi inaugurado CEI LAR SANTA RITA e no mesmo mês iniciamos as atividades.

Dos fins:
Esta unidade de educação infantil tem por fim o desenvolvimento integral da criança em seus aspectos físico, psicológico, intelectual e social, complementando a ação da família e da comunidade.

Dos objetivos:
Tem por objetivo proporcionar condições adequadas para promover o bem-estar da criança; o seu desenvolvimento físico, motor, emocional, intelectual, moral e social; a ampliação de suas experiências e estimular o interesse da criança pelo processo do conhecimento do ser humano, da natureza e da sociedade.

Objetivos específicos:
Nossos objetivos específicos estão pautados em ações que favoreçam o desenvolvimento integral da criança de três a cinco anos de idade, complementando a ação da família e da comunidade; proporcionar condições para promover o bem-estar da criança, através da educação e cuidados adequados, visando o seu desenvolvimento físico, psicológico, motor, emocional, intelectual, moral e social; promover programas de integração entre a família e a comunidade, ampliar experiências e estimular o interesse da criança pelo processo de conhecimento do ser humano, da natureza e da sociedade; desenvolver práticas pedagógicas que considerem as crianças e suas famílias como cidadãs e cidadãos plenos; tornar acessível a todas as crianças, que freqüentam o Centro de Educação Infantil, elementos da cultura que enriqueçam a sua aprendizagem; oferecer às crianças situações desafiadoras favorecendo aprendizagens significativas; atendimento prioritário da comunidade carente e propiciar participação efetiva das comunidades e dos pais no processo educacional, tendo como pressuposto fundamental a participação popular, na busca da qualidade de vida das crianças.