Fundação

Em meados de 1965, a pequena cidade de Dourados estava saindo do ostracismo e despontava como parte de uma região de grande crescimento com boa posição geográfica e terras altamente férteis, motivos que fizeram com que várias famílias de diversos estados migrassem para Dourados.

Com o aumento populacional, surgiram também várias dificuldades, principalmente as que se referiam às crianças de famílias menos favorecidas.

Com o crescente fluxo de crianças abandonadas, os problemas começaram a surgir. Foi então que o Juiz de Direito, Dr. Rafael Arcanjo de Arruda, desencadeou um movimento social para criar uma entidade beneficente de proteção aos menores abandonados da cidade.

Assim, no dia 12 de novembro de 1965, nesta cidade, no salão do Fórum da Comarca de Dourados, reuniram-se algumas pessoas da sociedade, com a finalidade de fundar uma entidade beneficente e de proteção aos menores abandonados de Dourados.

Foi realizada uma Assembleia Geral, presidida pelo Dr. Rafael Arcanjo de Arruda, juiz de direito da vara de menores da comarca de Dourados, onde foi constituída a primeira entidade "Abrigo dos Menores Necessitados de Dourados", tendo como primeira presidente a senhora Geni Ferreira Milan.

ddos.png
kids-home.png
Baixar Imagem Shutterstock (23).png